Nova Vida, Nova Esperança

Rádio Online

"  Volta para mim e tem compaixão,
porque estou sozinho e aflito."      salmos 25, 16

"Alivia-me as tribulações do coração;
tira-em das minhas angústias.    salmo 25, 17


Você está Aqui:Início seta Mensagem de Esperança seta A PONTE
  •  
  •  
  •  
  •  
  • default color
  • green color
  • blue color
A PONTE PDF Imprimir e-mail
Escrito por Gonçalo Câmara   
15-Mai-2016
ReadSpeaker webReader

A Ponte

Ponte é uma construção que permite interligar ao mesmo nível pontos não acessíveis separados por rios, vales, ou outros obstáculos naturais ou artificiais.



Vou Falar de Deus agora. Ups! Espere aí P.f. Já sei, acha que eu vou comentar sobre uma Religião. Não, Não e Não. Efetivamente sou contra a religião. Sabe porquê? Porque têm doutrinas que agradam aos homens, com ideias de Homens e não tem nada haver com Deus. Perante este cenário, Deus enviou seu filho Jesus ao mundo, para liberta-lo da religião, do sofrimento, da Opressão. Assim, Jesus nunca se associou aos religiosos, muito pelo o contrário, quando eles O procuravam, ficavam atônitos, ao vê-lo com mendigos, a falar com prostitutas e a comer com pecadores. Os pecadores, as prostitutas, os mendigos e etc eram desprezados, por aqueles que se achavam serem de Deus, mas no fundo eram religiosos. Então Jesus veio para ser uma "PONTE entre o ser humano e DEUS." Então, agora já sabe. você não precisa de Religião mas de Deus.

Falar de Deus, significa dizer que existe um amor verdadeiro e que só Ele pode preencher o espaço vazio do seu coração.

Boa Semana.


Gonçalo Câmara

www.novavidanova.com
www.facebook.com/gonçalo.camara
http://tudoepossivel7.blogspot.pt/




Partilhe este artigo:
Digg!Del.icio.us!Google!Live!Facebook!Technorati!StumbleUpon!Yahoo!Squidoo!
 
< Artigo anterior   Artigo seguinte >

Sobre o NovaVidaNova.com

Neste site pretendo que você venha a encontrar uma voz amiga. Onde possa ganhar força e esperança nas suas lutas do dia-a-dia.

Sempre que precisar pode-me contactar, estarei ao seus dispor.

Pastor Gonçalo.