O TEMPO & NÓS
Escrito por Gonçalo Câmara   
19-Mar-2009
ReadSpeaker webReader

O tempo voa quando você se diverte, mas quando está entediada, você quer que ele passe. Será que isso quer dizer que você só consegue controlar o tempo quando ele não é importante, e se assim o for, por quê?

 

Antes de tudo, o tempo não é uma pessoa com a qual possamos nos relacionar. Não importa o quão boa ou ruim você é com o tempo, ele nunca irá mudar. O tempo está passando e para ele pouco importa se você está esperando nele, matando, perdendo ou correndo contra ele. Uma pessoa sábia no entanto, não faz nenhuma destas coisas,  ao invés disso ela o usa para o seu próprio benefício.

Se eu sei que preciso priorizar certas coisas na minha vida, mas permito que o tempo me prive de exercê-las, eu consinto em me tornar uma escrava dele. Para muitas de nós o tempo tem roubado as nossas amizades, amor, famílias e fé. Muitas estão atadas às suas contínuas listas de afazeres, embora à esta altura já deveriam saber que elas nunca serão completamente cumpridas. E se as coisas estivessem indo tão bem assim, por que elas se sentem tão cansadas, estressadas ou temperamentais após um longo dia? Certamente, não é culpa do tempo, além do mais, será que ele mudou nos últimos... não sei, 10.000 anos?

Será que nós simplesmente não estamos lidando com o tempo como deveríamos? Vá em frente, continue a esperar pelo tempo, mas não se surpreenda se um dia descobrir que é tarde demais para desfrutá-lo.

Na fé,

 

 

 




Partilhe este artigo:
Digg!Del.icio.us!Google!Live!Facebook!Technorati!StumbleUpon!Yahoo!Squidoo!